Home » Loja Quem Somos | Nossos Clientes | Notícias | Artigos  |  Minha Conta  |  Carrinho  |  Realizar Pedido   
Categorias
 Auditoria
 Contabilidade
 Créditos Tributários
 Cursos Online
 cursos Presenciais
 Economia Tributária
 Gerenciamento
 Imposto de Renda
 IPI
 Planejamento Tributário
 Processo Administrativo Fiscal
 Trabalhista
 Listagem de E-books
Leitura dos Guias
Mais vendidos
Auxiliar de Departamento Pessoal
Auxiliar de Departamento Pessoal


Produto teste
Produto teste


Curso Online - Canal de Denúncias
Curso Online - Canal de Denúncias


Curso Online - Formação de Auditores Internos - Teoria e Prática
Curso Online - Formação de Auditores Internos - Teoria e Prática


Curso Online Espionagem Empresarial - Invasão de Privacidade
Curso Online Espionagem Empresarial - Invasão de Privacidade


Busca Rápida
 
Use palavras-chave para achar o que procura.
Busca Avançada
Newsletter
E-mail:

Área de atuação:

Informações
Notas de Privacidade
Condições de Uso
Fale Conosco
Estatísticas
No momento há
 75 Visitantes online.
06/12/2012
STJ nega danos morais a contribuinte do ICMS
Nova pagina 1

STJ nega danos morais a contribuinte do ICMS 

O ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), manteve decisão que negou danos morais a uma empresa gaúcha que não conseguiu aproveitar créditos de ICMS, apesar de ter pago o valor do imposto ao adquirir embalagens. Salomão entendeu que a indenização deveria ser cobrada do Fisco e não do fornecedor.

O processo foi aberto pela empresa Freitag Bauermann, que comercializa arroz. Ela adquiriu embalagens plásticas personalizadas da Mercur e utilizou posteriormente os créditos de ICMS obtido por meio das operações. Os valores do imposto foram destacados nas notas fiscais.

A Freitag Bauermann não sabia, entretanto, que o pagamento do ICMS estava sendo contestado pela Mercur. A fabricante conseguiu na Justiça entendimento favorável à incidência de ISS sobre as embalagens. Com a decisão, o Fisco gaúcho autuou a companhia, exigindo o estorno dos valores creditados e o pagamento de uma multa.

De acordo com o advogado da Mercur, Cristiano Diehl Xavier, do Xavier Advogados, tramitam contra a fabricante de embalagens mais de 20 ações similares à apresentada pela Freitag Bauermann.

A Freitag Bauermann afirma ter sido prejudicada pela Mercur e, por isso, buscava o ressarcimento dos valores de ICMS e danos morais. “A Mercur induziu meu cliente a erro por não ter avisado da ação”, diz o advogado da Freitag, Marcelo Pires.

Ao analisar o caso, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) entendeu que a Freitag Bauermann deveria ser ressarcida pelos valores pagos de ICMS, mas negou o pedido de danos morais. As duas partes recorreram ao STJ, que reformou a decisão. O ministro Luis Felipe Salomão considerou que a Mercur agiu corretamente ao destacar o ICMS nas notas fiscais, pois na época ainda não havia uma decisão prevendo o contrário.

O advogado Fernando Ayres, do Mattos Filho Advogados, concorda que a discussão não deveria ter o fornecedor de embalagens como uma das partes. “As empresas não têm que avisar para todos que estão discutindo algo na Justiça”, afirma.

Para a advogada Alessandra Craveiro, do Guerra, Doin e Craveiro Advogados, a Mercur acabou recebendo o valor do ICMS de um produto isento, recuperando depois o que havia depositado em juízo.

Fonte: Valor Econômico - Bárbara Mengardo

Data: 06/12/2012

Tags: ICMS | Créditos de Pis e Cofins | Imposto de RendaLucro Presumido

Ver mais soluções de consultas
Decisões CARF, TRF's e outras
Ver novas notícias e atualidades tributárias


ICMS Teoria e Prática

 

   Veja mais assuntos publicados sobre Planejamento Tributário

Seletividade do ICMS

Alíquotas mínimas e máximas do ICMS

ICMS - Industrialização por encomenda

ICMS – Crédito presumido nos serviços de transportes

Soluções de consultas
Decisões CARF, TRF's e outras

 

Cursos relacionados

Planejamento Sucessório e Tributário através de Holding

Planejamento Tributário - Pis e Cofins - Concessionárias

Planejamento Tributário - Pis e Cofins - Supermercados

Planejamento Tributário - Mudança para o Lucro Real

Planejamento Tributário - Pis e Cofins - Indústrias

Cursos de Auditoria


 Acompanhamento Tributário | Planejamento Tributário | PIS e COFINS | Gestão Tributária | Defesas Tributárias | Decisões | Solução de Consulta | Economia Tributária | SPED | Cursos - Planejamento Tributário | Cálculos IRPJ - Lucro Real | Fechamento de Balanço | Contabilidade Tributária | ICMS | IRPF | IPI | ISS | IRPJ - Lucro Real |

VOLTAR
Carrinho mais
0 itens
Download
Novidades
Fale conosco
Comentário mais
Auditoria Tributária
A obra AUDITORIA TRIBUTÁRIA está atualizada? Po-
rque no SUMÁ ..

3 de 5 Estrelas!
 
Curitiba – PR – Fone/Fax: (41) 3272-8507
Parceiros: Portal dos Aplicativos - Melhor Loja Web