Home » Loja Quem Somos | Nossos Clientes | Notícias | Artigos  |  Minha Conta  |  Carrinho  |  Realizar Pedido   
Categorias
 Auditoria
 Contabilidade
 Créditos Tributários
 Cursos Online
 cursos Presenciais
 Economia Tributária
 Gerenciamento
 Imposto de Renda
 IPI
 Planejamento Tributário
 Processo Administrativo Fiscal
 Trabalhista
 Listagem de E-books
Leitura dos Guias
Mais vendidos
Auxiliar de Departamento Pessoal
Auxiliar de Departamento Pessoal


Produto teste
Produto teste


Curso Online - Canal de Denúncias
Curso Online - Canal de Denúncias


Curso Online - Formação de Auditores Internos - Teoria e Prática
Curso Online - Formação de Auditores Internos - Teoria e Prática


Curso Online Espionagem Empresarial - Invasão de Privacidade
Curso Online Espionagem Empresarial - Invasão de Privacidade


Busca Rápida
 
Use palavras-chave para achar o que procura.
Busca Avançada
Newsletter
E-mail:

Área de atuação:

Informações
Notas de Privacidade
Condições de Uso
Fale Conosco
Estatísticas
No momento há
 2134 Visitantes online.
10/02/2009
Contabilidade como ferramenta de mudança

Contabilidade como ferramenta de mudança

Percebemos, por meio de experiências e informações, que produtos e serviços estão se tornando cada vez mais parecidos, e isto aumenta muito a agressividade do mercado.

Percebemos, por meio de experiências e informações, que produtos e serviços estão se tornando cada vez mais parecidos, e isto aumenta muito a agressividade do mercado. Dessa maneira, o empresário deve, a todo o momento, buscar alternativas para se diferenciar da concorrência e criar uma distância saudável desta “briga”, para assim, conquistar tranqüilidade.

Uma das formas de se sobressair é a busca por informações novas e a visualização de possíveis cenários que o empreendedor poderá enfrentar no mercado. Um erro muito comum cometido pelos gestores é procurar estas informações somente no meio externo, se esquecendo das informações que sua empresa produz e disponibiliza internamente.

Estamos numa época do ano propícia para se revisar os números, analisar o balanço da empresa e planejar o ano seguinte, com base nos cenários do mercado e nas informações financeiras e gerenciais da empresa. Mas, onde encontrar estas informações? Sabemos que informações sobre mercado são mais simples de serem encontradas, pois estão em todas as mídias: jornais, revistas, internet, assim como na área comercial: nos clientes, fornecedores e outros meios menos formais. Porém, e as informações financeiras? Onde estão centralizados os dados para que possamos traduzi-los em índices estratégicos?

Neste caso, um poderoso recurso é a contabilidade. Nela, encontram-se todos os demonstrativos de vendas, margens de lucro, carga tributária, fluxo de caixa e patrimônio. Ou seja, na contabilidade encontraremos a fotografia nítida e real do negócio em determinado momento. Entretanto, existem muitas empresas de pequeno, médio e, não raro, grande porte, onde faltam informações contábeis atualizadas e confiáveis.

Usualmente, em exemplos como esses, os controles financeiros não são integrados à contabilidade, o valor de estoque não é verdadeiro e há planilhas eletrônicas espalhadas por toda a empresa e que não se comunicam. Além disto, tem-se o agravante da falta de interatividade entre os departamentos, e com isto, uma grande discrepância de números entre um relatório e outro. Enfim, os dados não são gerados em tempo hábil para uma tomada de decisão ágil e segura, ou, quando as informações chegam, já estão ultrapassadas e não passam de um simples histórico contábil.

Esta agilidade é fundamental para implantar um planejamento estratégico consistente e factível. Por mais experiência que tenha o gestor, não é adequado tomar decisões baseado somente em seu conhecimento empírico e intuição de mercado, lembrando que esse campo de trabalho é agressivo e não perdoa erros básicos, o que leva a empresa para um rumo incerto, inseguro e perigoso.

Por isso, enxergo que o melhor caminho é ir direto ao fundamento disto tudo: a contabilidade. É lá que se encontra a base ideal para mensurar e projetar o melhor diagnóstico e desempenho da empresa. A solução é modernizar a contabilidade com uma reestruturação forte, que possibilite atender o Fisco, mas, principalmente, para servir à empresa com informações ágeis, seguras e de fácil leitura.

A indicação para os empresários é que integrem o software da empresa com o sistema contábil, para que as informações não tenham distorções e sejam geradas em tempo real. Para quem tem contabilidade terceirizada, deve-se negociar com o contador uma alternativa para a integração entre controles da empresa e o contábil, o que gera balancetes e demonstrativos atualizados.

Tratar a contabilidade como fonte de informações não é tarefa fácil: envolve a empresa como um todo, há necessidade do comprometimento dos gerentes e do pessoal operacional, e uma revisão completa dos controles internos dos departamentos. Contudo, o retorno é garantido: diminuem-se os retrabalhos, passa-se a ter agilidade no processo de tomada de decisões (e com resultados atualizados), existe segurança para os gestores, a equipe fica motivada e com mais tempo para pensar e administrar a empresa.

Fonte: Contadores

Autor: Moacir Vieira

Assuntos Relacionados

Estruturação e Classificação das Contas Contábeis

Demonstrações Contábeis (Financeiras) Obrigatórias

Contabilidade: Funções - Finalidades - Áreas de atuação em geral

Contabilidade Comentada para Todos os Profissionais

VOLTAR
Carrinho mais
0 itens
Download
Novidades
Fale conosco
Comentário mais
Auditoria Tributária
A obra AUDITORIA TRIBUTÁRIA está atualizada? Po-
rque no SUMÁ ..

3 de 5 Estrelas!
 
Curitiba – PR – Fone/Fax: (41) 3272-8507
Parceiros: Portal dos Aplicativos - Melhor Loja Web